Resenha: A Breve Segunda Vida de Bree Tanner, Stephenie Meyer

a breve segunda vida

Autora: Stephenie Meyer        Editora: Intrínseca Páginas: 190            Ano:2010

Classificação 5 ⭐️ 🚍

Á venda l Submarino l Americanas

Sinopse: 

Pela primeira vez Stephenie Meyer oferece aos fãs uma nova perspectiva do universo de “Crepúsculo”. Na voz de Bree Tanner, uma jovem vampira integrante do violento exército de recém-criados que assola a cidade de Seattle no terceiro volume da série, “Eclipse”, somos apresentados ao lado sombrio da saga. Bree vive nas trevas, sedenta por sangue. Não conhece sua verdadeira natureza e não pode confiar nos de sua espécie. Sua breve história acompanha a semana que antecede o confronto definitivo entre os recém-criados e os Cullen – a última semana de sua existência.

 ” Meu cérebro se desligou completamente, era hora de caçar.”

Eu adoro livro que fala do sobrenatural, de coisas que eu sei que não existem…E eu estava sentindo falta de um livro assim. Comprei esse por 7,00 no site das Americanas, e juntou a fome com a vontade de comer hahahaha

Se você faz parte do time que odeio a Bella e Edward, não leia!

O livro segue a linha de Crepúsculo, tanto que é uma extensão da história, ele nos mostra os bastidores, conta como os recém-criados estavam se preparando para o ataque, e foca em  Bree, uma das recém-criadas ( você deve lembrar dela, é aquela moça cabeluda que aparece no filme e o Carlisle fala para Dakota Fanning Volturi que vai se responsabilizar por ela).

Bree é uma vampira de três meses, uma recém-criada que foi achada na rua por Ridley. Esse é o padrão de Victória para transformar vampiros e caçar alimento, escolher pessoas que não fazem diferença, que ninguém irá sentir falta. Bree não sabe nada sobre ser vampira, ela nem sabia que vampiros existiam, sua sobrevivência se dá por ela sempre obedecer fielmente Ridley. Na gangue dos recém-criados vários vampiros não se controlam e brigam diariamente, arrancando membros e queimando uns aos outros. Bree é alheia a tudo isso, ela fica sempre no canto, tentando ser invisível e sobreviver. Em um dia de caça com a gangue, ela se aproxima de Diego, um vampiro de 10 meses, bonito e que não se mete nas brigas da casa. A conexão deles é imediada.

Logo eles se tornam amigos com um quê a mais ❤ . No final de um dia de caça eles precisam se esconder em uma caverna pois a gangue destruiu a casa em que estavam, e Diego mostra a Bree  que eles não queimam no sol. A partir desse momento eles tentam descobrir porque Victória está criando tantos vampiros e para qual finalidade. 

” Feche os olhos”

 

” Quem você caça é o tipo de decisão que se deve tomar antes de farejar a presa. “

 

“Peguei os doze livros seguintes da prateleira. Isso me ocuparia por uns dois dias”

Bom, todo mundo sabe que ela morre no final e mesmo sabendo disso eu torcia para um final diferente. Torcia para o romance dela com Diego. 

A história é muito rápida, parece que é um amigo te contando alguma coisa, tenho a sensação que tudo acontece em uma semana, dez dias no máximo. A escritora não se aprofundou nos personagens e nos detalhes, é tudo superficial, mas mesmo assim foi uma boa leitura.

Eu não vi o filme Eclipse, mas isso não atrapalhou a leitura, até porque eu já sabia que a Victoria estava criando vampiros para atacar os Cullen. 

Abaixo, cenas do filme Eclipse com a Bree Tanner:

tumblr_mjcnuyjGi91s7ach4o1_500

Lembrou dela?

Você já leu? Vai ler?

Beijo, outro, tchau!!

assinatura ana

Anúncios

Conte o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s