Resenha: Para Onde Ela Foi, Gayle Forman

para-onde-ela-foi

Autor: Gayle Forman    Editora: Novo Conceito Páginas: 240                Ano:  2013

Classificação 5/5 ⭐️ 🚍

Á venda l Submarino l Americanas

Sinopse:

Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

” – A Sra. Hall gostaria que o senhor fosse aos bastidores “

Esses dias eu fiquei pensando sobre histórias que nos fazem sofrer…como Eleanor e Park e Como eu era antes de você. Ahh que raiva dos escritores! As pessoas tem sentimentos sabiam! Vamos pegar leve!  💜 🔫

A leitura de Se eu ficar foi difícil, mas a sequencia… meu coração doía em cada página. Como o amor pode machucar tanto?! 😭 E o que me deixa mais irritada é que esse tipo de leitura nem é a minha praia, porque eu inventei de ler?

E o Adam…ahhh Adam, você me fez suspirar, me apaixonar, sentir raiva e querer te abraçar! 😏 Seu lindo!

Para onde ela foi se passa três anos depois do acidente com a família de Mia Hall e é narrada pelo ponto de vista do Adam. Na história, Mia está morando em Nova Iorque, recém formada na Julliard e com uma turnê agendada,  Adam se tornou um astro do rock com a banda Shotting Star e está fazendo sucesso no mundo inteiro.

Tudo perfeito exceto que eles não estão juntos! Depois do acidente, Mia foi para Julliard e logo em seguida o namoro acabou. Não foi um término oficial, daqueles que a gente fala com todas as letras…foi aquele término subententido e isso arrasou o Adam. É quase palpável o quanto Adam está sofrendo.

E o mais incrível é o que ele fez com essa raiva e dor! Ele a transforma em algo produtivo e lindo! O livro intercala momentos atuais da vida de Adam e lembranças de quando estava com Mia. É a mesma pegada do primeiro livro.

Quando Adam encontra a Mia ao acaso ou não em Nova Iorque, ele luta para se afastar dela já que não quer se afundar mais no vazio que ela deixou. Mas Mia corre atrás dele (literalmente) e o convida para jantar. Sabe o que me irritou mais dessa parte em diante? Foi a Mia agir como se nada tivesse acontecido entre eles. Agindo como se tudo estivesse ok. Nossa que raiva. depois leva na cara e não sabe porque.

Eles então passam a noite toda juntos, jantando, jogando boliche, fugindo dos paparazzi..até que em um momento Adam não aguenta mais e explode com ela! Começa a despejar tudo o que ficou engasgado nos últimos três anos. Nessa parte seu coração vai quebrar em alguns pedaços, é provável que você chore, é provável que você diga alguns palavrões…mas pelo menos você e o Adam vão entender o que os levou aquele ponto. 

” Não foi o que eu disse a ela?…Prometi que eu faria qualquer coisa se ela ficasse, mesmo que isso significasse deixá-la ir?”

Desde o primeiro livro eu me tornei fã do Adam! Ele é maduro, sensível e ama tanto a Mia 😍 . Nessa continuação você mal o reconhece. É como se ele estivesse vivendo a vida de outra pessoa eeeee tudo isso porque? Por causa da Mia. Senti muita raiva dela durante a história, acho que até agora estou com raiva. Senti raiva do Adam por ter ido no teatro assisti-la tocar, senti raiva deles dois conversando sobre estacionamentos e sanduíches…não é ciumes! É o tal do “tomar as dores” sabe?!

” Depois que ela se foi eu fiquei sozinho. Não havia ninguém para ocupar o lugar dela”

O final não poderia ser melhor! Mesmo odiando a escritora e a Mia, acredito que foi merecido. Foi realmente uma lição de amor. 

 Recomendo!

“Mas eu faria de novo. Faria aquela promessa milhares de vezes e a perderia milhares de vezes para tê-la ouvido tocar a noite passada ou vê-la esta manhã à luz do sol. Ou mesmo sem isso. Só para saber que ela estava em algum lugar aí fora. Viva.”

 

” Sei que devo algum tipo de desculpa a você…mas é que palavras, desculpa, sinto muito, são mesquinhas para o que você merece.”

 

” Sua boboca – falei, beijando-a na testa – você não me divide. Você me tem.”

E se vocês quiserem ler  a resenha de Se eu ficar é só clicar AQUI!

E ai vocês já leram? Vão ler?

Conta pra gente!

Beijo, outro, tchau!

assinatura nova ana marys

Anúncios

2 comentários sobre “Resenha: Para Onde Ela Foi, Gayle Forman

  1. MARTINELLE DOS SANTOS DE MORAES disse:

    Uaaaau não imaginava que a continuação seria assim, porém me deixou curiosa e está aí uma boa pedida para o final do ano ler os dois livros em sequência. Quero ressaltar que adoro sua forma divertida de escrever, sempre me divirto quando paro para ler suas resenhas. Parabéns!!

    Curtir

    • AnaBuranello disse:

      Nossa Martinelle, você não faz ideia de como fiquei feliz com seu comentário! Muito obrigada! 😊

      Ah e esses livros são uma boa pedida mesmo, impossível não gostar! Aproveita o blackfriday e compra os dois!rs

      Curtir

Conte o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s