Nova Coluna do Blog: Mangás!

mangás

Oi gente bonita!

Esse mês o blog ganhou um novo colaborador, Wesley Patrick, que vai falar sobre o universo mangálicio hahahaha…brincadeira heim! Ele vai falar sobre Mangás, postar resenhas, tirar dúvidas, contar curiosidades…Sinto que será uma experiência muito boa e produtiva!

Eu nunca tive a oportunidade de ler e sei que muita gente aqui está no mesmo barco que eu, nunca leu,  não sabe o que é, da onde veio, o que come…Então decidi fazer um breve resumo explicando para vocês! Bora lá!

” O termo mangá surgiu em 1814, nos hokusai mangá, que trazem caricaturas e ilustrações sobre a cultura japonesa. Já o mangá moderno tem influência dos cartuns ocidentais e de quadrinhos clássicos da Disney. O primeiro mangá lançado no Brasil foi Lobo Solitário, em 1988, pela Cedibra, mas adaptado para a leitura ocidental. Isso invertia as artes originais e quase todos os personagens viravam canhotos. Só quando a Conrad lançou Dragon Ball, em 2000, os mangás passaram a sair no seu formato original, e lidos “de trás pra frente”.  Os maiores mercados estrangeiros para os mangás são os EUA (mais de 200 milhões de dólares em vendas), França e Alemanha. A produção de animês também é extraordinária: a cada ano, os 400 estúdios de animação japoneses produzem mais de 2 500 episódios, numa indústria que movimenta mais de 1 bilhão de dólares. 

As histórias costumam ser publicadas capítulo a capítulo, em almanaques de até 500 páginas (geralmente em papel reciclado), com cerca de 20 séries diferentes e periodicidade semanal ou mensal. Esses bitelões são voltados para meninos (como a Shonen Jump), meninas (como a Nakayoshi, de Sailor Moon), crianças (como Koro-Koro, de Pokémon), ou adultos (como a Weekly Morning, de Vagabond). Depois de lidos, os japoneses costumam jogá-los no lixo. As séries mais populares ganham destaque na capa e nas primeiras páginas. Depois que vários capítulos são publicados, a história é republicada em edições colecionáveis conhecidas como tankohon – o formato no qual a maioria dos mangás sai no Brasil.

E Por que os personagens têm expressões tão exageradas? Os japoneses têm uma longa tradição de humor baseada em caretas e outras expressões engraçadas – a palavra mangá significa “desenhos irreverentes”. Outra explicação vem da herança que os mangás receberam das caricaturas. Por isso, os mangás e animês desenvolveram uma linguagem própria para as expressões dos personagens.Fonte Mundo Estranho 

Bom, espero ter dado uma base para quem não sabe nada, e se vocês já é fã de mangá, seja bem vindo ao nosso blog!

Até mais!

Beijo, outro, tchau!

assinatura ana

Anúncios

Conte o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s