Mutilação, estupro e canibalismo: Final Feliz?

sleeping-beauty-l

Você sempre quis ter final feliz igual aos contos de fadas? 

Acho melhor você repensar sobre isso…

As histórias originais de personagens como Chapéuzinho Vermelho, Cachinhos Dourados e A Bela Adormecida tinham tramas e finais sombrios e, algumas vezes, banhados de sangue. Isto porque estes contos eram narrados durante a Idade Média como uma maneira de alertar as crianças sobre os perigos do mundo.

Antes repassadas apenas oralmente, as histórias foram registradas por autores como os irmãos Jacob e Wilhelm Grimm e o francês Charles Perrault. Mas, mesmo mais “brandos”, os contos de fadas já tinham finais definitivamente pouco felizes. Veja algumas exemplos a seguir:

1- Cinderela
A versão mais famosa é a de Charles Perrault, cujo desfecho é bem mais sanguinário do que a retratado pela Disney. Na hora de provar o sapatinho de cristal, as irmãs de Cinderela mutilam os próprios dedos e calcanhares para os pés caberem dentro do calçado. Mas os passarinhos, vendo a ~trapaça~, as ataca e as cega com bicadas nos olhos.

2- A Pequena Sereia
A versão verdadeira, de Christian Andersen, mostra Ariel sofrendo muito só por andar em cima de duas pernas, o que lhe era uma agonia. Além disso, quando o príncipe se apaixona por outra mulher, ela começa a chorar perto do mar e suas companheiras sereias aparecem, lhe dando uma escolha: matar o príncipe com um punhal de dois gumes ou virar espuma do mar. Ariel preferiu a segunda opção 😦  

3- Cachinhos Dourados
Escrito em 1837, a história da menina loirinha e fofa que invade a casa de uma família de ursos para curtir uma boa comida e cama acaba bem mal. Em uma das versões, ela é, é claro, devorada pelos ursos, enquanto em outra ela pula pela janela, mas quebra o pescoço e morre.

4- Branca de Neve
O conto registrado pelos irmãos Grimm, em 1812, dá conta que a Rainha Má é mãe da Branca de Neve e, ao mandar um caçado dar cabo da vida da princesa, ela não quer só o coração da garota, mas também as tripas e os fígados para comê-los no jantar. Mais tarde, desfalecida, Branca não acorda por causa de um beijo de amor, mas por causa do trotar do cavalo do Príncipe, que a estava levando para um castelo. Por fim, a Rainha teve que dançar com sapatos de metal em brasa até a morte.

5- A Bela Adormecida
Após cair adormecida por causa de um espinho no dedo, a bela princesa é encontrada por um rei que a estupra. Ela acaba dando à luz a gêmeos. Um dos bebês, a procura do peito da mãe, chupa a ponta do dedo dela e retira o espinho, despertando-a. Mas o pesadelo da princesa não acaba aí: sabendo que ela acordou, o rei manda buscá-la junto com seus filhos. A mulher dele, muito ressentida, manda um cozinheiro fazer um ensopado deles. Porém, o plano é descoberto e a rainha é assassinada. Quem escreveu a versão original foi Giambattista Basile, sob o nome “Sol, Lua e Talia”.

6- Chapeuzinho Vermelho
Há várias versões para ela alegoria daquela velha moral “não fale com estranhos”. O lenhador nunca existiu nelas, o que transforma o fim sempre o mesmo: a Chapeuzinho e a Vovó se dão mal. Na contada por Charles Perrault, a menina pede a direção para o Lobo Mau, que a ensina errado e a devora. Em outra, mais antiga, o Lobo mata a Vovó e prepara a carne dela, dando-a de jantar para Chapeuzinho. Depois disso, também a devora. Um conto menos popular dá conta que Chapéu faz uma espécie de strip-tease para o Lobo Mau e foge na primeira oportunidade.

7- A Princesa e o Sapo
Na história escrita pelos irmãos Grimm, o sapo é, na verdade, um grande trapaceiro. Ele engana a princesa e vai pedindo cada vez mais favores. Até que exige dormir na cama da garota, que, indignada, o joga na parede. Com o baque, o sapo se transforma no príncipe.

8- A Bela e a Fera
Este conto de amor é inspirado no texto “O Pequeno Cabo de Vassoura”, de Ludwig Bechstein. Nele, a Fera se transforma em um bicho fofo que é aconchegado por Bela, que o coloca para dormir com beijos. Porém, as irmãs dela, bastante invejosas, a matam afogada. As vilãs, por fim, têm um destino tão cruel quanto Bela: viram colunas de pedra.

9- Rapunzel
A garota de longos cabelos de ouro da história dos irmãos Grimm, escrita em 1812, recebeu, na versão original, tantas visitas do príncipe que acaba engravidando e suas roupas não servem mais nela.

Veja a matéria original no portal do IG

Gente eu choquei com esses contos! Achava que Once Upon a Time tinha acabado com meus contos de fadas, mas não! Pode ser pior ainda hahahaha

O que vocês acharam?

Beijo, outro, tchau!

assinatura ana

Anúncios

3 comentários sobre “Mutilação, estupro e canibalismo: Final Feliz?

  1. Luiza Xavier disse:

    Nossa!
    Eu sou tipo que louca por contos de fadas, ainda mais os da Disney com todas as suas músicas e a ideologia do feliz para sempre. Entretanto, eu sempre quis saber as historias por trás desses contos de fadas. Nós sempre acabamos descobrindo coisas sombrias, como em Pocahontas, que se tornou meu filme favorito dentre as princesas da Disney. E daí a gente descobre que a Pocahontas nunca foi apaixonada pelo John e vice e versa, que ele é muito mais velho que ela, que ela morreu cedo demais… 😦 Triste realidade que destrói nossa infância em segundos. Porém, assim como em Mulan, a coragem e a bravura dessas duas princesas é o que sobressai apesar de tudo. E se eu te disser que sinto frio na barriga até hoje quando vejo a Mulan roubando a armadura de seu pai para ficar no lugar dele no exercito? E quando a Pocahontas acaba de cantar Colors of The Wind e os dois dão um aquele suspiro fundo olhando pro rosto um do outro? Bom, todos sabemos que a Disney fantasia demais as histórias, e acabei por concluir que não aceito essa realidade. Fico com a Disney hahah\o/

    Curtido por 1 pessoa

  2. danielavieira89 disse:

    MEU SENHOR! Nossa Ana, que bando de histórias horríveis hahahahaha
    No ano passado fiquei espantada com a história da criação de Alice no País das Maravilhas… onde dizem que Lewis era um pedófilo haha Vc deveria ler (vc já leu??) Paixões, da Rosa Montero… Ela conta vários podres de várias pessoas famosas haha (oia… livro de fofoca menina, vê se pode).
    Lembrei também do livro Psicanálise dos Contos de Fadas do Bruno não-se-o-quê… ele está no meu desafio Livrada deste ano… só tenho que arranjá-lo rsrs Uma vez comecei a ler, e curti pra caramba… apesar de a gente ficar triste com as versões reais… rsrs
    Beijos

    Curtir

    • Ana Buranello disse:

      Pois é eu lembro dessa história do Lewis também!
      Agora eu quero ler esse livro de fofocas das celebridades e do Bruno não-sei-o-que hahahahah
      Mas sabe que é até bom a gente descobrir a realidade das histórias assim não se decepciona com os príncipes. Todo príncipe é Shrek e ponto final! 😀

      Curtido por 1 pessoa

Conte o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s