Resenha: A garota do calendário [ Janeiro], Audrey Carlan ðŸ”ž

a-garota-do-calendario-janeiro

          Autor: Audrey Carlan – Editora: Verus                 Ano: 2016 – Páginas: 144

Classificação 2.5/5 ⭐️ 🚍

Compre aqui l Submarino l Americanas

Sinopse:

Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser…
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

” Você vai ser enviada para onde o homem estiver e ser tudo o que ele precisa durante um mês. Mas eu não vendo sexo. Se você dormir com eles, vai ser uma decisão sua.”

Eu nunca fui fã de livros eróticos ou new adult, o mais perto que cheguei desse gênero foi lendo cinquenta tons de cinza…mas cinquenta tons não é NADA perto desse livro aí viu! Só de lembrar da história eu já fico rindo, porque é muita safadeza! hahaha

Esse é o primeiro livro da coleção ” A garota do calendário”, toda a saga é composta por doze livros, cada uma representa um mês e um homem programa diferente. Os livros são pequenos, no máximo 150 páginas e, posso dizer pelo mês de Janeiro que a história flui rapidamente de forma muito cativante, divertida e erótica.

Em Janeiro conhecemos a protagonista Mia, uma jovem de vinte e cinco anos que sonha em ser atriz. Ela trabalha em Vegas como garçonete e cuida da irmã e do pai. Pai esse que está em coma por causa de uma dívida com um agiota e caso Mia não pague, ela e a irmã são as próximas a sofrerem as consequências. Mas como conseguir um milhão de dólares trabalhando como garçonete? Sem condições.

E ai entra a tia Millie, parente da Mia e proprietária do Exquisite Acompanhantes de Luxo. Ela oferece uma solução: trabalhar como acompanhante por um ano. Não é se tornar uma prostituta, mas sim acompanhante. Mia não é obrigada a ter relações sexuais com os clientes e se quiser vai ser por opção dela. É claro que ela ganha um extra se isso acontece, mas ninguém obriga 😎.

” O que eu quero dizer é que, se você pegar o trabalho de acompanhante, só vai precisar estar sempre bonita e transar muito. Você não fica com ninguém há meses. Poderia muito bem aproveitar a chance, né?”

” Eu morava em Los Angeles havia seis meses e nunca tinha ido a um jantar elegante durante esse tempo. Isso me fez pensar em como minha vida amorosa era triste. Pelo menos com esse trabalho, comecei a experimentar as coisas a vida.”

Como ela precisa levantar uma grana alta em um ano ( questão de vida ou morte), sua tia coloca ela como acompanhante mensal, ela ficará 24 dias com o cliente, acompanhando ele em festas e eventos, sendo a mulher troféu.

O primeiro cliente é Wes, um jovem roteirista e aquele homem que toda mulher quer: forte, lindo, rico, bem sucedido, romântico sem exageros, atencioso e muito bom de cama. Sério, muito bom mesmo…tem muitas cenas para comprovar…muitas! 🔥 Mia fez muito esforço para não se apaixonar por ele. E olha que eu fiquei apaixonada e torci muito pra história tomar um rumo diferente. Nossa eu espero que em Dezembro a Mia fique com ele. O relacionamento deles basicamente se resume a festas e sexo. Assim, não tem muito o que contar.

” Parecia um trabalho de verdade, como se eu fosse a assistente pessoal de Wes e não uma prostituta. Tecnicamente eu não era uma prostituta, embora tivesse tido contato sexual com ele no primeiro encontro. Mas isso foi porque eu estava com tesão e ele é muito gostoso.”

Eu achei a história muito parecida com o filme ” Um linda mulher”, sabe aquilo de encontrar o cara perfeito, tudo acontecer bem rápido, muita roupa de grife, quase um conto de fadas? Então, é a mesma coisa, a diferença é que esse livro tem muita sacanagem. 

E sobre a continuação, vi uns comentários que a história do mês de Fevereiro é bem ruim, bem fraquinha, acho que vou pular para Março…que dizer, a Tábata vai ler esse e a Luiza de Abril, porque quando eu contei que estava lendo foi uma tiração de sarro sem fim hahaha

Ah e preparem-se para emoções também! Nem todos os livros serão apenas pegação, a Mia terá momentos de aprendizado, sobre o que é amor, amizade e família. Mas sinceramente, não é isso que o povo quer né 🔥🔥🔥

a-garota-do-calendario-de-audrey-carlan-meses

Coleção completa. Morra de inveja desses vestidos.

Se vocês procuram um livro parar matar o tempo, encontraram! Eu vou ler os seguintes sim e se reclamar eu faço resenha dos doze livros hahaha

Até a próxima! 

Beijo, outro, tchau!

assinatura nova ana marys

 

Anúncios

4 comentários sobre “Resenha: A garota do calendário [ Janeiro], Audrey Carlan ðŸ”ž

  1. Cíntia Bená disse:

    kkkk…Ana, pode fazer resenha de todos que a gente não liga não…rsrsrs…mesmo quando não vou ler os livros gosto de ler as resenhas…
    Eu provavelmente não vou ler nenhum…primeiro que esse gênero não faz muito meu estilo e segundo que, quando vi que eram doze livros, já fiquei com preguiça de ler tudo!…rsrsrs
    Beijos!

    Curtir

Conte o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s