Resenha: Gelo Negro, Becca Fitzpatrick

capa-gelo-negro

        Autor: Becca Fitzpatrick – Editora: Intrínseca Ano: 2015 – Páginas: 304

Classificação 4/5 ⭐️ 🚍

Compre aqui l Submarino l Americanas

Sinopse:

Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança.

Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.

” Já ficara bêbada antes, mas nunca daquele jeito. Ele lhe dera alguma coisa. Devia ter colocado alguma droga em sua bebida. A droga a deixava exausta e ela se sentia pesada.”

Esse livro estava na minha lista de leitura desde o lançamento…não sei porque demorei tanto para ler, mas ainda bem que demorei, porque acabei comprando ele por 9,90 😀 

E pensa num livro bom, sério mesmo, uma história ótima! Só pecou no romance, a autora deu uma viajada em umas partes e deixou muito meloso, por isso eu não dei uma nota cinco. Mas tirando isso todo o resto é incrível. É uma história com muitas reviravoltas, para se surpreender a cada virada de página.

Tá, mas do que fala o livro? Desculpa, me precipitei né?

Britt e sua melhor amiga Korbie decidem passar o recesso de verão nas montanhas para fazer escalada, esquiar, comer brigadeiro de panela rs..e principalmente porque Britt precisa esquecer de vez seu último namorado, Calvin ( que por acaso é irmão da Korbie).

Na viagem de ida elas pegam um chuva forte seguida de uma nevasca e são obrigadas a abandonar o carro e ir em busca de abrigo. Depois de horas de caminhada na neve elas encontram um cabana e pedem socorro. O problema é que os homens que estão na cabana são dois criminosos que estão fugindo da polícia.

Tenso heim parsa. Vai morrer na neve ou vai ficar como refém de criminosos? Fica aí a reflexão.

” – Podemos fazer isso da maneira mais fácil, ou da maneira em que vocês acabam mortas. E, acreditem em mim, se gritarem, resistirem ou discutirem, eu vou atirar.”

” De repente, pensamentos desesperados e irracionais bombardearam minha mente. Eu tinha que sair dali. Tinha que correr. Talvez eu não fosse congelar na floresta…iria correr sem parar, até estar fora de perigo.”

A partir do momento que as meninas entram na cabana a história toma um ritmo acelerado e tenso. Você fica com aquele sentimento ” putz vão morrer”, ” não, agora vão morrer”…” eita, vai morrer”….e daí, bum, a história dá aquela reviravolta que você fica de boca aberta! Fantástico!

” Pressionei o rosto nos braços cruzados e deixei escapar um som profundo de agonia. As lágrimas corriam corriam pelo meu rosto. O pesadelo estava me arrastando de volta.”

” Mais do que nunca, eu me ressentia de qualquer atração que pudesse estar sentindo por ele. Ele era meu sequestrador.”

Falando sobre os personagens, a Britt é uma adolescente muito mimada, ela mesma confessa que é muito dependente do pai e do irmão, como se eles devessem sempre cuidar dela. Imagina uma menina dessa perdida no meio de uma nevasca? Já a Korbie é uma péssima amiga, invejosa, nada fiel…mas mesmo assim elas se consideram melhores amigas. Vai entender né? 

” As palmas das minhas mãos estavam arranhadas e sangrando por causa da queda. Olhei para elas sem reação…aquilo não estava acontecendo comigo. Eu não estava ali fora de novo, no frio, enfrentando a morte.”

Para quem nunca viu a neve, o livro dá umas dicas super legais de como sobreviver na neve. Já me sinto preparada hahah

E para finalizar: sim, eu recomendo o livro! Os momentos de romance são chatos mas a trama compensa muito! Sem contar que a capa é linda e vai ficar show na sua estante ❤

Ah! E a autora do livro é a mesma da saga ” Hush Hush”. Nunca li e nunca lerei.

Tô aqui aguardando o comentário de vocês.

Beijo, outro, tchau!

assinatura nova ana marys

Anúncios

5 comentários sobre “Resenha: Gelo Negro, Becca Fitzpatrick

  1. Cíntia Bená disse:

    Ana, gostei muito da resenha…já fiquei com vontade de ler…mas a parte que me convenceu mesmo a comprar foi “Sem contar que a capa é linda e vai ficar show na sua estante”…kkkkk…ainda mais agora que mandei fazer minha estante, preciso de muitos livros novos para decorá-la..rsrsrsrsrs
    Beijos!!!

    Curtir

    • Ana Buranello disse:

      hahahhahahahah morri de rir agora…pra que fazer resenha né, só falar que vai ficar lindo na estante hahaha

      Mas tá certo mesmo, tem que preencher todos os espaços possíveis da estante com livros, funkos e toda quinquilharia que remeta a livros hahaha
      Fim do ano está chegando, precisamos combinar quais livros vamos trocar hehe

      Curtir

      • Cíntia Bená disse:

        kkk…ah, era brincadeirinha…eu adoro as resenhas, mais que as capas…rs
        E esse negócio de funko, descobri recentemente que amo de paixão…ainda mais agora que aprendi que comprar da China funciona…rsrsrs…mas por enquanto só tenho um: meu querido Jon Snow, que comprei justamente para colocar em cima da coleção dos livros do Martin!!!!
        Depois de pronta, te mando uma foto…ai você escolhe os que quer ler que eu te empresto!!!!
        Beijos!!!

        Curtir

Conte o que você achou!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s