Resenha: Amigo Secreto, Sylvia Day 🔞

amigo-secreto-sylvia-day

                   Autor: Silvia Day – Editora: Paralela           Ano: 2013 – Páginas: 120

Classificação 2.5/5 ⭐️ 🚍

Compre aqui l Submarino Americanas

Sinopse:

Em Amigo secreto, a autora narra duas histórias contemporâneas, bem apimentadas e muito românticas que certamente farão as leitoras perderem o fôlego. A primeira, que dá título ao livro, conta a história de Nick e Steph, colegas de trabalho que secretamente sentem uma enorme atração um pelo outro. Isso até o momento que Nick tira Steph no amigo secreto e escolhe um presente claro e direto: uma foto sensual e provocadora que promete esquentar as coisas entre eles. Já a segunda narra o relacionamento difícil e obsessivo de um casal que se vê envolvido na investigação e no roubo de joias de Gideon Cross.

 

Não sei porque tive vontade de ler uma história, como posso dizer, “picante”, mas esse livro surgiu em minhas mãos e eu pensei ‘porque não?’. Já aviso que o livro e a resenha são para maiores de 18 anos. Então vamos à história…

Ela começa na festa de final de ano de uma empresa, durante o amigo secreto, Nicholas dá um presente um tanto inusitado para sua amiga secreta Stephanie: uma foto completamente sem roupa, com apenas um laço cobrindo aquilo que vocês bem sabem, e também um jantar para dois em um restaurante, como se fosse um convite.

Antes da festa, aconteceu de Nick, em um dia em que estava fazendo hora extra, encontrar perto do lixo  um papel amassado com uma anotação com a letra de Steph, era sua lista de desejos para presente de Natal.

“Minha lista de desejos (safadinhos)

Nicholas James sem roupa, embrulhado apenas em um laço.

Nick me beijando até eu perder os sentidos.

Nick cozinhando pelado pra mim (para eu poder ficar olhando a bunda dele)…”

Depois do tal presente, eles ficam mais próximos e a primeira cena “caliente” acontece no escritório. Nick convida Steph para jantar em sua casa e promete realizar todos os desejos de sua lista. Ela só quer uma noite de diversão, já ele quer compromisso. Para Steph é difícil acreditar que o homem mais conquistador e garanhão que ela conheça esteja realmente apaixonado por ela e que queira algo sério. Steph tenta não se envolver, por um motivo de sua vida pessoal que impede que ela invista em relacionamentos.

A história é curta, quase como se fosse um conto, que gira em torno dos dois e se eles vão ficar juntos ou não.

Depois desse, o livro tem outro conto, que eu particularmente gostei mais. Anastasia é uma investigadora particular, que descobre o paradeiro de artigos de luxo roubados. Ela está de volta à sua cidade natal para investigar o sumiço de pedras preciosas, a Coroa de Rosas.

” – Só porque você tem um filho não significa que a sua vida acabou.”
  – Mas significa que as minhas vontades não vêm em primeiro lugar. Eu não posso…” Ela fechou os olhos.

Após 12 anos sem aparecer na cidade, ela reencontra um antigo namorado, o delegado Jake, um homem alto e esguio, com olhos azuis e lábios firmes. Ele a convida para ficar em sua casa enquanto estiver na cidade. Na primeira noite, após o jantar, já acontece a primeira cena de amor.

Em sua investigação, Ana descobre que o irmão dela e o de Jake estão envolvidos no roubo das pedras preciosas. E o pior, a mãe dela, Tilly, é sequestrada por Rick, bandido envolvido no roubo.

Após saber a localização de Tilly, Ana e Jake vão juntos para tentar resgatá-la. Nisso eles ficam mais próximos e Ana se pergunta como irá se relacionar com um delegado, sendo que sua família é envolvida com o crime.

O livro é pequeno, com apenas 118 páginas, mas eu só indico a leitura caso queira ter em sua imaginação as cenas “picantes”, fora isso é uma história com enredo escasso. Então, se estiver procurando por pura diversão, leia, caso esteja procurando uma boa história, não abra esse livro.

Beijocas!

assinatura nova tábata

Anúncios

Resenha: Muito Mais Que 5inco Minutos, Kéfera Buchmann

Muito Mais Que 5inco Minutos

Autor: Kéfera Buchmann        Editora: Paralela  Páginas: 114           Ano: 2015

Classificação 3 ⭐️ 🚍

Á venda l Submarino l Americanas

Sinopse:

Você conhece a Kéfera? Pois deveria! Com 22 anos, Kéfera Buchmann reúne quase doze milhões de seguidores nas suas mídias sociais (YouTube, Facebook, Twitter e Instagram). Só o seu canal no YouTube, “5inco minutos” (procura aí na internet), tem cinco milhões de assinantes e é o quarto mais visto do Brasil. Tá achando pouco? Ela ainda recebe diariamente centenas de mensagens de fãs do Brasil todo e é parada na rua a todo momento. Se o YouTube é de fato a nova televisão, como acha muita gente, hoje Kéfera é o equivalente aos antigos astros globais. Tão conhecida e amada quanto eles. Neste livro, que tem literalmente a sua cara, Kéfera parte de sua vida para falar de relacionamentos, bullying, moda e gafes e conta uma série de histórias divertidas com as quais é impossível não se identificar.

” Criança olha pra uma velha com peito caído, aponta, dá risada  e diz que ‘ ela vai tropeçar na própria teta’. E ainda chamam de anjo?”

Quando eu ganhei o livro da Kéfera fiquei bem receosa se devia ou não ler. Afinal, eu não sou fã dela, não assisto os videos e também não tenho nada contra. Resumindo: não fede nem cheira.

Mas eu reconheço o sucesso que ela faz e já que o livro estava em minhas mãos, por que não?

No começo do livro a Kéfera já avisa: ” Esse livro foi feito para quem gosta de mim ou para quem tenta gostar. Se você me odeia, não leia esse livro“. Bom, eu tento gostar, então bora lá!

O livro é um encontro de todas as histórias da vida dela, desde o jardim de infância até pouco antes de gravar o primeiro vídeo, aquele da vuvuzela. A maioria das histórias vocês conseguem encontrar no canal dela do youtube. Não sei se isso foi coincidência, mas os três videos que assisti, tinha no livro. Então se você vê o canal dela, você “leu” o livro.

” Qualquer paixão faz a gente sofrer. Mas vamos deixar para falar sobre quanta raiva eu sinto de me apaixonar daqui a pouco.”

Ele é engraçado sim, ri em vários momentos e percebi que passei pelas mesmas situações, mas achei um pouco forçado.

” ‘Por que estão dizendo que ele é gostoso? Alguém já lambeu essa pessoa pra saber se é realmente gostosa?‘ Até elogios meio sexuais eu relacionava com comida.”

A Kéfera tem muitos seguidores adolescentes, então o livro acaba tendo essa pegada juvenil. O bacana é que em muitos momentos ela dá lições de vida, dá palavras de conforto e passa mensagens positivas. É importante que ela como uma formadora de opinião passe valores e diga coisas que saindo da boca dela os jovens vão dar mais atenção do que se sair da boca dos pais.

” Desrespeitar um professor enquanto ele dá aula é uma coisa tenebrosa se pararmos pra pensar o mínimo. Ele está lá tentando ensinar. Ou seja, está lá tentando fazer o bem pra você, e não o contrário.”
” Ser diferente não significa que a pessoa precisa ofender os outros. É difícil, uma linha tênue confesso. Mas aos poucos a gente acaba descobrindo o que nos torna especiais sem que isso machuque o outro.”

PicsArt_1446809208966O livro é todo fofo, as fotos, o acabamento, a cor…tudo bem diagramado.

Para quem é fã, bora lá ler! Para quem é pai e mãe, podem comprar o livro sem receios!

E para fechar gostaria de dizer que : Eu gosto mais da Jout Jouts hahahahaha

Ahhhh perai, perai! Segunda feira tem sorteio! Passem por aqui!

Até mais!

Beijo, outro, tchau!

assinatura nova ana