Conta aí!

75992_712322645485462_1661086472_n

Anúncios

Resenha: A Hospedeira, Stephenie Meyer

A-Hospedeira

Autor: Stephenie Meyer     Editora: Intrínseca Páginas: 557                    Ano: 2009

Classificação 5 ⭐️ 🚍

Á venda l Submarino l Americanas

Sinopse:

Nosso planeta foi dominado por um inimigo que não pode ser detectado. Os humanos se tornaram hospedeiros dos invasores: suas mentes são extraídas, enquanto seus corpos permanecem intactos e prosseguem suas vidas aparentemente sem alteração. A maior parte da humanidade sucumbiu a tal processo. Quando Melanie, um dos humanos “selvagens” que ainda restam, é capturada, ela tem certeza de que será seu fim. Peregrina, a “alma” invasora designada para o corpo de Melanie, foi alertada sobre os desafios de viver dentro de um ser humano: as emoções irresistíveis, o excesso de sensações, a persistência das lembranças e das memórias vívidas. Mas há uma dificuldade que Peregrina não esperava: a antiga ocupante de seu corpo se recusa a desistir da posse de sua mente. Peregrina investiga os pensamentos de Melanie com o objetivo de descobrir o paradeiro dos remanescentes da resistência humana. Entretanto, Melanie ocupa a mente de sua invasora com visões do homem que ama: Jared, que continua a viver escondido. Incapaz de se separar dos desejos de seu corpo, Peregrina começa a se sentir intensamente atraída por alguém a quem foi submetida por uma espécie de exposição forçada. Quando os acontecimentos fazem de Melanie e Peregrina improváveis aliadas, elas partem em uma busca incerta e perigosa do homem que ambas amam.

“ -Então, hoje não foi tão ruim – disse Jeb enquanto caminhávamos no corredor escuro.
– É, não foi tão ruim – murmurei. Afinal, eu não fora assassinada. Isso era um fator positivo, sempre.”

Ai que livro tudo! Ai que saudade de ler ele, ai que felicidade de ter encontrado um livro bom.

Um dos livros meus livros favoritos sem sombra de dúvida.

A autora do livro é a mesma da Saga Crepúsculo, mas eu não achei tão lenga lenga quanto a saga. É um livro que eu indico para jovens e adultos que gostam de ficção.

Só é um pouco difícil de explicar sobre o livro…rs

O livro conta a história de uma raça alienígena que se autodenominam como “almas”, eles invadem a Terra e dominam os corpos dos humanos, como uma possessão, a diferença é que a alma do humano morre e ficando apenas o corpo. O alienígena entra no corpo do humano se alocando numa parte próxima ao cérebro. Quando um humano é possuído por esse alienígena os olhos ficam com um circulo luminoso, igual a capa do livro.

Assim, vários humanos são possuídos por esses alienígenas, e os  poucos que conseguiram fugir, vivem escondidos.

“O amor é a melhor parte de qualquer história.”

 

“Se eu tivesse de escolher alguém, qualquer um, para ficar perdida num planeta deserto, seria você.”

O livro foca na história de Melanie, que junto com o irmão Jaime conseguem escapar e vivem escondidos, passam os dias invadindo casas em busca de comida e de outros itens para a sobrevivência. Em uma bela noite, quando Melanie está invadindo uma casa em busca de alimento, ela encontra Jared, outro sobrevivente que está lá na casa pelo mesmo motivo que ela e logo engatam um relacionamento. Ownnnn

Pouco tempo depois, Melanie é capturada e tem o corpo invadido por uma alma que se chama Peregrina (Peg para os íntimos). Peg tem a missão de vasculhar a mente de Melanie e descobrir onde estão escondidos os outros sobreviventes.

O que Peg não esperava é que Melanie não abandonasse o corpo e começasse a bloquear o acesso a suas memórias. Começa então uma briga mental entre as duas, Melanie tenta bloquear o acesso de sua mente, mas acaba sem querer, liberando algumas imagens de sua vida, discute com a Peregrina acusando-a de destruir tudo o que amava, sofre por estar longe do irmão e do boymagia, e nisso a Peregrina fica em um impasse (você percebe que a Peg não tem intenção de fazer o mal, e começa simpatizar com Melanie – principalmente com Jared, já que ela viu algumas memórias românticas dois juntos e se apaixona por ele também…E.T fura-olho hahahaha)

Nesse momento a Peg pode tomar duas atitudes, contar que não conseguiu dominar o corpo da Melanie (os corpos que não tinham sucesso na hospedagem era eliminados e a alma do alienígena era colocado em outro corpo) ou se vai atrás de Jared e Jaime.

É claro que elas vão atrás dos dois, se não a história ia acabar né rs…

E então o livro fica ótimo, muito sol do deserto, perseguição de carro, tiros, brigas, doenças, medos, paixões novas….ai, ai.

No livro, grande parte da conversa é entre Melanie e Peg, e como elas estão em um corpo só, não tem como interagir com as pessoas ao redor. Talvez por isso muitas pessoas não gostaram do filme.

Eu achei o filme muito fiel ao livro, mas fiquei com a impressão que tudo aconteceu muito rápido. E como sempre, o livro é mil vezes melhor.

Dá uma espiada no trailer

Já leu o livro? Me conte o que achou.

Não leu? Comente também! =D

Beijo, outro, tchau!

assinatura ana

Filme: A Culpa é das Estrelas

“A vida não precisa ser perfeita para o amor ser extraordinário”

111434071_1GG

Provavelmente eu nunca vou ler esse livro… eu até encontrei com ele na livraria algumas vezes, mas nunca me interessei pela história.

But, o filme, com certeza irei assistir. E olha que desde a primeira vez que vi o trailler eu disse em alto e bom som “NÃO QUERO VER ESSE FILME, DEVE SER MUITO TRISTE”.  Mas não sei o que aconteceu que agora estou super ansiosa para a estréia. Acho que sei o que aconteceu sim rsrs…eu estou lendo muitas criticas positivas sobre o livro e o filme, onde eu vou encontro um livro do John Green ou um cartaz do filme, então provavelmente estou sendo influenciada pelas mídias hahahahaha.

Se eu entendi bem, o livro é inspirado na vida de Esther Earl, uma adolescente com câncer terminal que vive seu primeiro amor. No livro de John Green o nome da personagem é Hazel Lancaster e do boymagia Augustus Waters. Não sei se no livro/filme ela morre e não quero saber rs, mas eu sei que a Esther faleceu com 16 anos.

O filme tem muitas frases de impacto, reflexivas e cheias de amor.

“Tentar se afastar de mim não diminui o que eu sinto por você, todos os esforços para se afastar de mim vão falhar”- Augustus para Hazel.

“Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, não sabe como sou grata por nosso pequeno infinito” – Hazel para Augustus.

Semana passada encontrei o livro biográfico da adolescente que inspirou a história de John Green, chama – se “A Estrela que nunca vai se apagar”,  nele você encontra trechos do diário de Esther, cartas, desenhos, relatos de amigos e familiares, que juntos contam a história de força dessa menina que inspirou muitas pessoas.

images

Quem não viu o trailler do filme aqui está, mas antes um aviso, guarde as lágrimas para o filme =D  eu me emocionei no trailler.

O filme será lançado no Brasil só em Agosto, até lá vou assistir o trailler todos os dias hahahahah

Se eu falei besteira, pode me corrigir =D

E se você já leu o livro, mande sua opinião!

Beijo, outro, tchau.

assinatura ana